LANÇAMENTO | DIONISIO EM BERLIM

“Artista é aquele que está vivo”, nos diz Tiago Novaes numa das muitas vozes que assume neste livro. Leio a frase e penso no próprio autor, na inquietude física e estética que ostenta há muitos anos, no impulso imperioso que o mantém sempre em movimento, atravessando romances e países. Leio a frase e penso no livro, nesta exuberante ficção de matizes infinitos. Concluo sem hesitação: este é o livro de um artista.

– Julián Fuks